É curiosa a maneira como surgiram as abraçadeiras de nylon. Conheça sua história a seguir!

Dicas e Curiosidades
abraçadeira de nylon
1 de setembro de 2020 / Comentar

Você já deve conhecer as incríveis utilidades que uma abraçadeira de nylon pode oferecer, não é mesmo? Bom, se ainda não conhece todas as suas vantagens de uso, sugerimos então que você leia outro artigo que já publicamos por aqui. É só clicar aqui para acessar. Mas, hoje iremos falar um pouco sobre a história ou como surgiram as abraçadeiras de nylon.

A abraçadeira foi inventada em 1958, por um funcionário da Thomas & Bett, chamado Maurus C. Logan. Enquanto estava nesta empresa, Logan inventou diversos produtos. Mas, a mais bem-sucedida de todas as suas invenções e também a mais simples delas, com certeza, foi a abraçadeira de nylon.

Confira um pouco mais sobre como surgiram as abraçadeiras de nylon nas linhas a seguir:

Como surgiram as abraçadeiras de nylon?

Primeiramente, as abraçadeiras ganharam o nome de Ty-Rap, depois de sua primeira apresentação. No mesmo ano, 1958, foi patenteada e rapidamente se tornou uma ferramenta imprescindível em muitas indústrias e residências. 

Assim, o talentoso Logan se tornou vice-presidente de pesquisa e desenvolvimento da Thomas & Betts. Isto é, recebeu este grande cargo por sempre estar criando novos componentes e incrivelmente úteis. 

O insight

Ao visitar uma instalação de aeronaves da Boeing, em 1956, surgiu uma grande questão em sua mente. Logan achou incrível como era difícil amarrar milhares metros de feixes de cabo com um cordão revestido de cera. 

Esse procedimento, inclusive, causava vários cortes nas mãos dos colaboradores, além de calos por muitos anos. E, por isso, Logan pensou que poderia ter uma forma melhor de executar essa tarefa. Foi quando começou a pensar e assim também foi como surgiram as abraçadeiras de nylon.

Design novo e barato

As primeiras abraçadeiras de cabos foram nomeadas como Ty-Raps, como dissemos anteriormente. E, a empresa Thomas & Betts realizou todo o projeto pensando em seu uso em indústrias aeronáuticas com o objetivo de organizar chicotes de fios e cabos. Mal sabiam eles da surpreendente versatilidade do material, não é mesmo?

Primeiramente, elas eram produzidas em duas partes

  • Um molde de plástico; e
  • Uma lingueta, um acessório de metal que era projetado para segurar a gravata.

Esse processo dividido em duas partes acabou sendo caro e ineficiente para a empresa. Mas, não demorou muito tempo para encontrar uma possibilidade mais barata, usando tiras inteiramente de nylon ou plástico, sem a lingueta de metal.

Segundo o filho de Maurus, chamado Robert Logan: “Meu pai não teve muita educação formal, mas foi a pessoa mais engenhosa que já conheci. Ele nunca pensou que a maneira costumeira de fazer as coisas fosse boa o suficiente, e, quando ele olhava para qualquer coisa, ele pensava sobre maneiras de melhorá-las. A invenção da braçadeira de cabos é um excelente exemplo de como ele trabalhava.” Logan, acabou falecendo com 86 anos, em 2007.

Abraçadeiras atualmente

Hoje, diferente de como surgiram as abraçadeiras de nylon são fabricadas em uma infinidade de tamanhos e resistências à tração. Tudo para acomodar ainda melhor a amarração, de forma segura, dos variados formatos, tamanhos e pesos de fios – além de uma ampla gama de utilidades diferentes.

Agora, conte-nos se gostou deste artigo nos comentários abaixo! Aproveite para contar se você possui também, como Maurus, algum projeto incrível de melhoria de algum componente! Qualquer dúvida, é só entrar em contato.

Compartilhe essa matéria utilizando suas Redes Sociais