Eletricidade sem fio: como ela pode mudar nossas vidas

Dicas e Curiosidades
22 de março de 2019 / Comentar

As novas tecnologias vivem nos surpreendendo, não é mesmo? Já estamos acostumados com a internet sem fio, mas agora já estamos perto da eletricidade sem fio. Pois é, os cabos elétricos e as tomadas são os próximos da fila para se tornarem obsoletos.
Essa tecnologia já existe e promete distribuir energia elétrica sem a necessidade de fios. É claro que isso não significa que chegará de um dia para o outro: após desenvolvida, toda nova tecnologia demora um tempo para se tornar popular e ter custos acessíveis.

O surgimento da tecnologia

Foi em 2002, quando um físico do Instituto de Tecnologia de Massachussets (MIT) acordou de madrugada incomodado com os barulhos de seu celular, que acusava bateria fraca. Com essa noite mal dormida, o estudioso resolveu aplicar sua pesquisa sobre ressonância magnética para criar um sistema de transmitir eletricidade sem fios.
O brasileiro André Kurs é um dos idealizadores do projeto. Há 13 anos, ele mudou para os Estados Unidos para estudar no MIT e fez parte da pesquisa original do projeto desde o início. Hoje ele é um dos fundadores da WiTricity Corp, a startup que desenvolveu e aperfeiçoou a tecnologia.

Mas como a eletricidade sem fio é possível?

A tecnologia emprega o uso de radiação eletromagnética que permite a transmissão de potência. Porém, realizaresta transferência a longas distâncias  é um problema, uma vez que a propagação magnética causa “desperdício” da potência transmitida.
Para vencer esta barreira, o MIT fez uso do princípio da “ressonância magneticamente acoplada”, sendo este o seu grande diferencial. O sistema funciona com duas bobinas: a primeira serve como fonte da eletricidade, enquanto a segunda capta a energia transmitida.
O alcance do campo magnético varia conforme o tamanho das bobinas. Em uma aplicação para carregar o celular alcançaria pelo menos meio metro de distância.
É interessante pensar que há aproximadamente 100 anos o engenheiro croata Nikola Tesla pesquisou bastante sobre a transmissão de eletricidade sem fio. Mas a estratégia, segundo o pessoal da WiTricity, era bem diferente.
Veja também como se proteger de raios elétricos dentro e fora de casa.

 Como fica a segurança?

Tudo parece muito bom e excepcionalmente eficiente, mas é seguro? Alguns fatores não são muito bem explicados, por exemplo, a interação do humano em um ambiente que esteja usando esta propagação da frequência.
Porém, os inventores da transmissão de energia elétrica wireless garantem que seus produtos seguem normas e regulamentos internacionais que determinam limites sobre o grau de radiação que um ser humano pode ser exposto.
“Nós estamos muito abaixo dos limites de segurança. São os mesmos limites que fabricantes de celulares tem de obedecer. Segundo as normas aceitas internacionalmente, o sistema é seguro”, diz o fundador da WiTricity.
Existe mais um fator: a eficiência energética da tecnologia sem fio da WiTricity é de 90% em casos de alto nível de energia, como é o caso do carro elétrico. Ou seja, o consumo de energia pela tecnologia sem fio é um pouco maior, mas nada que pese muito no bolso.
Achou interessante e quer um gostinho da vida sem fios? Conheça as campainhas sem fio da Decorlux. Continue acessando o nosso blog para mais dicas, curiosidades e conteúdos relevantes para o seu dia a dia.

Compartilhe essa matéria utilizando suas Redes Sociais